Negócios e ParticipaçõesÁfrica, Emirados e Portugal

Em sua atuação, a Odebrecht África, Emirados Árabes e Portugal (AEP) tem, entre outros desafios, a missão de estabelecer um padrão de qualidade único, à altura dos mercados mais exigentes do mundo. Isso sem desrespeitar as singularidades de cada país ao alcançar culturas bastante diferentes.

Seus serviços de engenharia e construção alcançam:

  • África
  • Oriente Médio
  • Portugal

Em paralelo aos projetos, a Odebrecht AEP vem implantando, nos países, programas de integração e desenvolvimento e de formação de pessoas nas comunidades locais. Assim, consegue reunir, sob um espírito único de servir, cerca de 16 mil integrantes, de 65 nacionalidades.

Em 2011, voltou a atuar nos Emirados Árabes Unidos, conquistando o contrato de construção da estação de bombeamento de água dentro do Strategic Tunnel Enhancement Programme (STEP), para a expansão da rede de saneamento de Abu Dhabi.

A Odebrecht AEP deu início a projetos na Guiné-Conacri e, atualmente, restaura a ferrovia para transporte de minério de ferro para a ArcellorMittal, na Libéria.

Ainda na África, conquistou contratos para a construção do Aeroporto Internacional de Nacala e do Terminal de Carvão – Cais 8, no Porto de Beira, em Moçambique, além da ampliação do projeto de infraestrutura das minas de carvão da Vale, em Moatize.

Merece destaque também a obra realizada em Portugal que preservou e integrou à solução monumentos históricos de Lisboa. Trata-se da Circular Regional Interna de Lisboa (Cril) , projeto rodoviário que exigiu ações de sustentação dos Aquedutos das Águas Livres e das Francesas, classificados como Monumentos Nacionais de Portugal.