Negócios e ParticipaçõesDefesa e Tecnologia

Garantir a segurança de fronteiras, proteger as riquezas nacionais e organizar eventos de grande visibilidade são só algumas das necessidades atendidas pelas soluções da Odebrecht Defesa e Tecnologia. Criada em 2011, ela se diferencia ao oferecer equipamentos, sistemas integrados de comando e controle e serviços de gestão em defesa e segurança dotados de alta tecnologia e valor agregado para uso militar e civil.

A área de Defesa e Tecnologia é considerada estratégica para as seguranças nacional e pública dos países. Por isso, há mais de 60 anos, a Odebrecht iniciou seu relacionamento com Clientes da esfera militar no mercado nacional. Há 15 anos, este trabalho foi expandido para o âmbito internacional.

Além de valer-se da vasta experiência da Organização na implementação de empreendimentos em ambientes de alta complexidade, a Odebrecht Defesa e Tecnologia vem realizando importantes alianças com empresas reconhecidas neste setor.

Esta junção de expertises tornou possível formar equipes de alto desempenho, capazes de desenvolver produtos estratégicos, inovadores e com tecnologias customizadas em função das particularidades de cada local de atuação.

Um importante passo neste sentido foi dado este ano, quando a Odebrecht assumiu o controle acionário da Mectron, fabricante de equipamentos aeroespaciais, como radares, mísseis e sistemas de comunicação, controle e comando com 20 anos de serviços prestados às Forças Armadas do Brasil e de outros países.

A Odebrecht Defesa e Tecnologia também tem participação nas empresas:

  • Odebrecht – EADS Defesa e Segurança fornece soluções integradas no setor, sob a forma de uma joint venture;
  • Consórcio Baía de Sepetiba – CBS: gerencia o Programa Nacional de Desenvolvimento de Submarinos e executa a construção de um complexo de Estaleiro e Base Naval;
  • Itaguaí Construções Navais – ICN: constrói submarinos convencionais e nucleares;
  • Copa Gestão em Defesa S.A.: estrutura e gere projetos complexos no segmento.

No exterior, merece destaque o apoio da Odebrecht às Forças de Paz da ONU no processo de reunificação de Angola, após longos anos de guerra civil no país africano. Recentemente, a Organização colaborou, em parceria com o exército americano, para a reconstrução de New Orleans, nos Estados Unidos, cidade destruída por sucessivos furacões.

Como a Organização, a Odebrecht Defesa e Tecnologia espera, ainda, ajudar a impulsionar a indústria brasileira ao usar suas controladas como bases de exportação de produtos e serviços estratégicos de interesse nacional.